Cursos técnicos regulamentados por Legislação Federal
  • Técnico em Enfermagem
  • Técnico em Segurança do Trabalho
  • Técnico em Administração
  • Técnico em Radiologia
  • Técnico em Secretariado
  • Técnico em Estética
  • Técnico em Contabilidade
  • Técnico em Recursos Humanos
CENTRAL DE ATENDIMENTO: (11) 4243-1551

Curso Livre de Formação Profissional em Fitoterapia Ocidental

 

O Curso Livre de Formação Profissional em Fitoterapia, proposto visa atender a necessidade de capacitação, atualização de profissionais que já atuam e a formação de profissionais que pretendem atuar no campo da Fitoterapia. Desta forma, abrir novas perspectivas de requalificação profissional e de formação de profissionais qualificados para o exercício consciente da Fitoterapia.

O Decreto Presidencial nº 5.813, em 22 de junho de 2006, Aprova a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos e dá outras providências - com diretrizes e ações para a cadeia produtiva de plantas medicinais e fitoterápicos. A política traz como objetivo garantir à população brasileira o acesso seguro e uso racional de plantas medicinais e fitoterápicos, promovendo o uso sustentável da biodiversidade, o desenvolvimento da cadeia produtiva e da indústria nacional.

Pela Portaria Interministerial nº 2.960, de 9 de dezembro de 2008, foi aprovado o Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos e instituído o Comitê Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos, formado por representantes de órgãos governamentais e não governamentais.

A Fitoterapia é uma terapêutica caracterizada pelo uso de plantas medicinais em suas diferentes formas farmacêuticas, sem a utilização de substâncias ativas isoladas, ainda que de origem vegetal. A prática da fitoterapia incentiva o desenvolvimento comunitário, a solidariedade e a participação social. Os serviços podem oferecer os seguintes produtos: planta medicinal in natura, planta medicinal seca (droga vegetal), fitoterápico manipulado e/ou fitoterápico industrializado.

No Brasil, a Fitoterapia foi implantada pelo Ministério da Saúde através da Portaria MS/GM n. 971, de 03 de maio de 2006 – Aprova a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no Sistema Único de Saúde:

Considerando que a Fitoterapia é um recurso terapêutico caracterizado pelo uso de plantas medicinais em suas diferentes formas farmacêuticas e que tal abordagem incentiva o desenvolvimento comunitário, a solidariedade e a participação social;

O PNPIC, ainda ressalta que:

A fitoterapia é uma “terapêutica caracterizada pelo uso de plantas medicinais em suas diferentes formas farmacêuticas, sem a utilização de substâncias ativas isoladas, ainda que de origem vegetal”. O uso de plantas medicinais na arte de curar é uma forma de tratamento de origens  muito antigas, relacionada aos primórdios da medicina e fundamentada no acúmulo de informações por sucessivas gerações. Ao longo dos séculos, produtos de origem vegetal constituíram as bases para tratamento de diferentes doenças.

O Brasil possui grande potencial para o desenvolvimento dessa terapêutica, como a maior diversidade vegetal do mundo, ampla sociodiversidade, uso de plantas medicinais vinculado ao conhecimento tradicional e tecnologia para validar cientificamente esse conhecimento.

Neste sentido percebe-se a importância da Fitoterapia nas práticas terapeuticas, considerando a necessidade de aumento de sua capilaridade para garantir o princípio da universalidade. E isto só será possível com a formação de profissionais de Fitoterapia capacitados e qualificados.

 

Público Alvo: 

a) Ter acima de 18 anos;

b) 1)Ter graduação ou ser graduando em Ensino Superior em curso na área da Saúde;

   2) Ter escolaridade completa em Nível Médio Técnico em curso na área da Saúde,

   3) Ter realizado Curso Preparatório da Escola Vital

 

Carga Horária: 

Total – 340h

a) Presencial – 240h/aulas

b) Atividades Complementares – 50h.

c) Estágio Ambulatorial Supervisionado Extra Classe – 50h.

 

Periodicidade: 

a) Duração – 15 meses.

b) Mensal – Um final de semana por mês (sábado e domingo).

c) Horário – sábado e domingo – das 08:00h às 12:00h e das 13:30h às 17:30h.

 

Campo de atuação:

A Classificação Brasileira de Ocupações – CBO é um documento que retrata a realidade das profissões do mercado de trabalho brasileiro, sem diferenciação entre as profissões regulamentadas e as de livre exercício profissional.

Portaria n. º 397 - do Ministério do Trabalho e Emprego de 09/10/2. 002, que aprovou a CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRA DE OCUPAÇÕES, a CBO com o seguinte código:

Código N.º 3221-05 - Terapeuta Naturista e Naturalista, Técnico em Acupuntura, Acupunturista, Acupuntor, Fitoterapeuta, Técnico corporal em Terapia Tradicional Chinesa, Terapeuta Oriental, e Holístico.

 

Unidades Temáticas por Módulos Mensais

 

Módulos mensais – 16h/aulas

 

  • Módulo I

    Apresentação do curso; Introdução à Fitoterapia – História da Fitoterapia; Flora e Biomas Brasileiros. As condições de cultivo das plantas medicinais; adaptação e o estresse dos vegetais. Botânica econômica.

     

  • Módulo II

    Farmacobotânica: plantas como recursos terapêuticos. Coleta, identificação, conservação e preparação da matéria-prima vegetal.

    Metabolismo secundário e métodos de extração de princípios ativos vegetais.

     

  • Módulo III

    Legislação e Regulamentação da Fitoterapia; Controle de Qualidade aplicados à produtos de origem vegetal. Legislação do Exercício Profissional. Empreendedorismo.

     

  • Módulo IV

Primeira Avaliação. Principais formas farmacêuticas utilizadas na Fitoterapia e pelo conhecimento tradicional de Plantas Medicinais. Orientações sobre Formulário Fitoterápico – Orientação/recomendação. Aula prática.

 

  • Módulo V

    Fitoterapia na Medicina Tradicional Chinesa e Ayurvédica.

     

  • Módulo VI

    Princípios de Fisiologia e Patologia dos principais sistemas orgânicos.

    Princípios de Farmacologia e Toxicologia.

     

  • Módulo VII

    Fitoterapia aplicada à dor, inflamação e patologias do sistema tegumentar e músculo-esquelético. Aula demonstrativa/ambulatório.

     

  • Módulo VIII

    Segunda Avaliação. Fitoterapia aplicada ao sistema cardiovascular e     aparelho respiratório. Aula demonstrativa/ambulatório.

     

  • Módulo IX

    Fitoterapia aplicada ao sistema gastrintestinal. Aula demonstrativa/ambulatório.

     

  • Módulo X

    Terceira Avaliação. Fitoterapia aplicada ao sistema endócrino, obesidade e síndrome metabólica. Fitoterapia aplicada ao sistema imunológico. Aula demonstrativa/ambulatório.

     

  • Módulo XI

Fitoterapia aplicada às patologias do Sistema Nervoso Central. Fitoterápicos e distúrbios do sistema antioxidante, anticarcinogênese e no envelhecimento. Aula demonstrativa/ambulatório.

 

  • Módulo XII

    Fitoterapia aplicada à estética e fitocosméticos. Aula demonstrativa/ambulatório.

     

  • Módulo XIII

    Fitoterapia do sistema hormonal e geniturinário: saúde da mulher e do homem. Aula demonstrativa/ambulatório.

     

  • Módulo XIV

    Fitoterapia aplicada ao esporte: termogênicos e estimulantes. As essências Florais e Antroposofia e as plantas medicinais. Aula demonstrativa/ambulatório

     

  • Módulo XV

Uso terapêutico e funcional de frutos, sementes, temperos e condimentos derivados de vegetais. Homeopatia e as plantas medicinais.

Avaliação Final.

 

Curso disponível na Escola Vital - Unidade Cotia

Para maiores informações, entrar em contato via telefone (11)4243-4510 ou em visita a Escola

 

 

 

Unidade Cotia
Rua Benedito Lemos Leite, 152
Tel: (11) 4243-4510
Unidade Taboão da Serra
Rua Thereza Maria Luizetto, 107/116
Tel: (11) 4787-3677
CENTRAL DE ATENDIMENTO: (11) 4243-1551
Área Reservada
Login Senha
COPYRIGHT – ESCOLA VITAL – 2017